Fragilidade


"Tenho medo, de um dia deixar que o cansaço me invada e me torne incapaz de lutar por nós, e que quando acordar dessa letargia, o meu conformismo nos tenha afastado, e nos tenhamos perdido um do outro, algures na realidade escondida por detrás do que vemos.
Não quero que esse medo me vença e me impeça de te conquistar, talvez por isso, precise de ti, aqui, comigo, prendendo-me a ti, irremediavelmente, mantendo minha alma alerta para o que somos."
talvez, um excerto...